Governo do Distrito Federal
3/06/22 às 12h55 - Atualizado em 22/06/22 às 10h30

Comissão de aprovados em concurso da Polícia Civil pede apoio da SEAC para acelerar as nomeações

 

 

A Secretaria de Atendimento à Comunidade do DF recebeu nesta sexta-feira (3) representantes da Comissão dos Aprovados da Polícia Civil do Distrito Federal 2021 (Agentes e Escrivães), que apresentaram uma lista de reivindicações com o propósito de acelerar a nomeação dos aprovados no concurso.

 

De modo geral, os representantes solicitaram a intermediação da SEAC junto ao GDF para que as nomeações possam ocorrer em 2023. Para tanto, a comissão quer que os cursos de formação sejam unificados. Hoje são três turmas separadas para serem preparadas pela Academia da Polícia Civil.

 

Outro pleito diz respeito a que os aprovados que são excedentes do ponto de vista das vagas disponíveis façam parte de um cadastro reserva, em lugar de serem excluídos da possibilidade de futuramente serem nomeados.

 

Os representantes Alisson Martins, Jeancarlos da Silva Junior e Brenda Fernandes Canedo foram orientados a documentar, via ofício, as reivindicações para que o assunto possa ser analisado nas áreas pertinentes do GDF. O secretário da SEAC, Emerson Freddi, frisou que a pasta está aberta ao diálogo e se empenhará para a celeridade das nomeações, respeitadas as condições legais.

 

A reunião também contou com representantes da Secretaria de Relações Institucionais do DF (Serins), que se manifestaram no mesmo sentido de que o assunto seja oficializado a fim de que possa ser devidamente avaliado pelo GDF.

Fabiano Gutemberg, da Serins, ressaltou que, por exemplo, na demanda de unificar as três turmas, é decisivo consultar a direção da Escola Superior de Polícia Civil (ESPC) se a academia tem condições de atender essa proposta de formação conjunta.